quinta-feira, 31 de maio de 2012

por falar em música

sempre que estou na discoteca e passa a música da Adele (versão house) consigo contar quatro raparigas que vêm ter comigo para dizer, "esta é a minha música com o nome-do-rapaz-que-as-fez-chorar".

"Amar não é pecado"

tenho um amigo que escolhe sempre a música do Luan Santana com o pretexto, "olha só esta música que eu não suporto".

preocupa-se sempre que oiço músicas lamechas. ainda não percebeu que só é motivo de preocupação quando oiço música com phones no escuro.

tem a mania de dizer, "não fiques triste comigo" quando não estou triste com ele. "não estou triste", "eu sei que estás", este diálogo é repetido meia dúzia de vezes, no final já nem sei se estou triste ou não.

juro

as mensagens não resolvem nada, estragam.

em relação a reacções

não envies mensagens estúpidas a quem já conheces a reacção.

sou tão forte

consigo controlar-me e não enviar uma mensagem estúpida.

quarta-feira, 30 de maio de 2012

tal e qual

sei o que fui aprendendo e tenho a certeza que não aprendi nada.

MC explica a cena de fazer posts sobre a morte de famosos

nem só de vida vive um blogue.

MC explica a cena do engate no blog do marido da outra

existem pessoas solitárias e solidárias, serve?

não está no dicionário

ilusão, barriga lisa com a camisola.

MC avisa

não vale a pena ligarem quando estou a dormir. vou ouvir, tirar o som e não atender. seja a quem for.

coisas que afinal não aconteceram mas eu jurava que sim

o outro irmão do Zé (um segundo) vir para esta casa fazer o que fazia na outra. comer sem dar um tostão.

o pai do Zé

conseguiu tirar café de cápsulas depois de duas tentativas. nada mau.

acontece

quando tu reparas que a rapariga que te copiava deixou de copiar para copiar outra rapariga porque tu deixaste de comprar roupa nova.

"nunca irei preferir comer num restaurante à tua comida."

Woody,

no dia da criança ofereço-te um pedaço de infância. nosso,só nosso.

se pudesse voltava àquele dia em que estiveste doente e te li "O Carteiro de Pablo Neruda".

se pudesse voltava àquele dia que trocámos olhares e falávamos mais que qualquer pessoa que passava. 

se pudesse voltava ao dia que te conheci e voltava a conhecer-te, gravando todos os dias da nossa infância para os viver devagar sempre que tenho saudades.

obrigada por teres feito da minha infância a mais especial.

costumo dizer

"as coisas vêm ter comigo, simplesmente aparecem".

o irmão do Zé

anunciou aos sete ventos que ia fazer o jantar. na hora de começar faltou um ingrediente qualquer e desistiu. ainda não percebi que raio de ingrediente é mas aposto que não existe.

juro

não vos contei mas há uns dias o irmão do meu namorado levou uma amiga às 4 da manhã lá a casa. acordou-me e eu fui ver o que se passava na cozinha. encontrei a rapariga com um ar assustado a olhar para mim, "ups, acordei a tua mulher", disse ela. só faltou pensar que íamos dormir os três.

ponto negativo na vida de MC

morar com o irmão do meu namorado arrisco encontrar em casa gajas que não suporto. MC espera ansiosamente por esse dia ( not).

o irmão do Zé

pronto, com tanta gaja boa ele teve que engatar a estagiária que não suporto.

terça-feira, 29 de maio de 2012

juro

tenho tanto para fazer mas só me apetece dormir.

Manuale d'Am3re

gostei imenso. mostra o amor nas várias fases da vida: juventude, adulta e velhice. vale a pena ver.

segunda-feira, 28 de maio de 2012

MC dá conselho importante

nunca troques de telemóvel com alguém sem apagares tudo primeiro.

juro

é possível não ler por falta de tempo.

na casa dos Silva

estivemos a brindar até as três da manhã. "à nossa união", disse o irmão do Zé. ele está de parabéns!

no emprego

chegou-me às mãos ( juro!) umas mensagens escritas onde a estagiária nova se faz ao irmão do Zé e fala em mim, " ela não gosta de mim!". e não é que ela tem razão? mais uma que vai passar pelas mãos dele. existem mulheres muito estúpidas, que vão com meia dúzia de palavras bonitas.

domingo, 27 de maio de 2012

novos hábitos: pegar-me ao colo no meio da pista (detesto), ajoelhar-se aos meus pés no meio da pista (detesto) e falar no filho que ainda não temos (não detesto).

sábado, 26 de maio de 2012

tal e qual

não há nada que mais irrite a cozinheira que chamar as pessoas para a mesa e elas responderem, "deixa só isto acabar".

quinta-feira, 24 de maio de 2012

mitos blogoesféricos

quem não escreve no blogue não está ocupado nem tem uma vida social perfeita, só tem falta de ideias.

mitos blogoesféricos

lamento, quem escreve num blogue não tem falta do que fazer.

quer dizer muita coisa?

uma rapariga diz para a outra, " o teu ex namorado estava só a olhar para mim...".

MC dá dica de poupança melhor que a poupança de um euro no Mc (o outro)

quando faço anos agarro em mim, nos convidados e dou a festa na casa de um amigo qualquer com três assoalhadas e duas casas de banho. assim não tenho que limpar, não gasto luz, água, nem gás. parece a melhor ideia do século mas sinceramente, só os meus amigos é que têm coragem, eu não. 

calha sempre na minha.

o pai do Zé

"quer farturas?", perguntei.
 ele ficou a olhar para mim sem perceber.

"quer farturas?", voltei a perguntar.
 ele ficou a olhar para mim sem perceber.

"QUER FARTURAS?", já quase ao colo dele.

ele ficou a olhar para mim sem perceber e respondeu:
"não, hoje não joga clube nenhum."

o pai do Zé

"o irmão do Zé tinha duas fotografias na carteira, uma de uma moçambicana, outra de uma angolana. já não as tem...", disse-me.

"andou a ver a carteira do seu filho?", perguntei.

"não! ela estava ali e abriu-se. duas vezes!", respondeu.

vocês estragam-me com mimos #6

só comentam em massa quando faço posts sobre outros blogues.

vocês estragam-me com mimos #5

sabem que o blogue MC é o pioneiro na criação de um autor/personagem ausente, o Zé, e acham mais piada a ele que à autora presente, eu.

vocês estragam-me com mimos #4

soltam gargalhadas certeiras quando consigo fazer humor.

vocês estragam-me com mimos #3

quando não entendem os meus posts "estão nem aí".

vocês estragam-me com mimos #2

sempre que falo em comida associam a um filho certo.

vocês estragam-me com mimos #1

criam hate-blogs onde citam o meu nick diversas vezes.

dilema amoroso sério, nada a ver com pizzas

discutir se fazemos a cama com um ou dois cobertores.

o máximo

em conversa fiquei a saber que na minha pior bebedeira saí da piscina, virei-me para o meu namorado na altura "perdoa-me eu amo o Sérgio". seis anos depois descubro a bela figura que fiz. é possível perder a memória sim, para quem duvidava.

foi para o balneário antes da primeira parte do jogo terminar porque a treinadora ( a tal colega) o queria meter no banco quando ele estava a fazer uma exibição exemplar. é isto que acontece quando qualquer pigmeu acha que pode ser treinadora de homens que jogam futebol há anos.

quarta-feira, 23 de maio de 2012

não sei o que é melhor

há uns anos, MC dizia "olha, tu não tens mesmo nada para fazer,né?".

no presente, MC não diz nada e pensa, "as pessoas têm de ter noção das merdas que fazem".

medo de ambos

vi uma aranha e agora tenho a sensação que a aranha está sempre a subir-me pelos pés. isso não acontece quando vejo um cão.

na Antena 1

"...pior que ser português é ser mulher portuguesa porque os homens portugueses passam em média 96 minutos a realizar tarefas domésticas (arrumar casa/cuidar de crianças/cozinhar)..."

a vantagem de trabalharmos no mesmo lugar: entendemos a linguagem laboral um do outro.

é isto

tenho uma colega que é paga para estar no facebook mas o patrão não sabe.

MC nota

os dias parecem-me pequenos mas estão realmente?

não está no dicionário

oito e oitenta, o limite da minha paciência para as pessoas (excluindo o Zé).

juro

há dias assim, sem paciência para coisas pequenas. e não estou a falar de anões.

terça-feira, 22 de maio de 2012

Cresce! (só quem escutar a música vai entender este título)

alguém me disse que os Amor Electro eram uma parvoeira ao vivo. só oiço músicas no youtube e na rádio, estou no nosso single deles "Rosa Sangue" até saber a letra toda ou uma novela ter esta música como fundo de um romance de lata.

tal e qual

claro que existe dor maior, mas a maior dor é a nossa, cá dentro, cá dentro, cá dentro,...

os meus livros

a vontade de ler anda no Sul.

MC e Zé

durante a noite, ao virar-me e ver o Zé na cama, dei um grito "como é que te assustaste? eu durmo aqui todos os dias".

só me apetece comer coisas à parva

queijo fresco com doce de abóbora. alguém é servido?

anda tudo a comer caril como quem come sushi?

dei sete voltas e meia à procura de caril par fazer o jantar. ufa, consegui.

Activa da Danone

Júlia, comigo não funcionam.

não sei quando ele está de mau humor. parece que a única pessoa mal disposta sou eu.

Angel-o

não quero saber do bronze da Iva, só sei que podia baixar um bom bocado.

acontece

se calha comparar a experiência de vida da minha mãe seja com quem for, esse alguém sai a perder. sempre.

e agora?

uma má notícia tornou-se numa depressão. se parte de cada um, como se faz para mudar mentalidades?

MC e Zé

a única rivalidade passa pelo jogo bubble shoot. vou à frente, por poucos. aproveito quando ele vê televisão, ele aproveita quando vou dormir.

pensando melhor

nasci com força de vontade mas sem dinheiro.

juro

a maldade parace-me uma melhor justificação que a inveja.

a minha mãe

precisava de sair uns dias com a Lili Caneças.

MC improvisa

ao ver a foto do filho dela, " está a ficar giro". não é coisa que se diga, né?

uma chatice

comigo nasceu a força de vontade, falta-me o talento.

segunda-feira, 21 de maio de 2012

sim sim

sem inspiração para isto da internet apesar de andar a insistir comigo sem saber o verdadeiro motivo. ah, já sei, não quero que me esqueçam.

oh

tenho um bicho dentro de mim (para além de maldade) que come tudo o que eu como e ainda quer mais. passo o dia cheia de fome. é normal?

deve ser

o rapaz queria ser meu amigo no facebook porque me viu pela primeira vez no ginásio. sou eu que tenho a cabeça cheia de maldade.

os Globos de Ouro

o Pinto Balsemão recebeu o globo de ouro de mérito e excelência dos empregados e ainda fez cara de não-estava-nada-à-espera.

domingo, 20 de maio de 2012

a blogoesfera e o bamby

as bloggers acham que ser do contra é ir contra a carneirada e isso lhes dá mais inteligência. não dá, só parecem amargas.

sexta-feira, 18 de maio de 2012

juro

não consegui aprender a fazer tricô com os vídeos youtube. não sei como é que os outros conseguem aprender a tocar viola.

quinta-feira, 17 de maio de 2012

tal e qual

não vos contei mas hoje é feriado na minha terra, estou em casa. vou receber amigos e dar uma festa. e acordar amanhã com uma dor de cabeça e ir trabalhar.

eu explico

os comprimidos (alguns) não resolvem problemas, só te fazem parecer que sim.

mais ou menos isto

tirava a habilidade para trabalhos manuais da amiga nova-velha. as experiências culturais do melhor amigo Miguel. a facilidade para se divertir da minha irmã. a ausência de despesas da minha melhor amiga de adolescência assim como a generosidade. a força interior da minha mãe. a forma de ver a vida do Zé. punha tudo em mim e seria perfeita. perfeita mas sem pessoas fantásticas à minha volta. nah.

oh

a minha amiga que encontrou novos amigos estava a criticar um amigo em comum por este tinha encontrado novos amigos. não fiquei calada.

juro

voltando ao Zé, não vos contei mas ele foi abraçado por um homem na feira do livro que o confundiu com a mulher. se eu fosse homem tivesse uma mulher careca por opção não fazia amor com as luzes apagadas. jamais.

é isto

depois do lanche da empresa, o Zé foi jogar snooker com os amigos e eu fui para casa descansar as pernas para a festa (há festa até Domingo). quando cheguei ao pé dele o menino já não se aguentava de pé e foi dormir. está explicado para que serve a palavra "parar".

sério

estive para ir ali ao mato atirar foguetes mas não se atira foguetes no mato por isso não fui. o irmão do Zé arrumou a casa, ainda estou masoqueéistoohmeu.

terça-feira, 15 de maio de 2012

ouvi dizer

"fiquei admirada porque o pai do Zé é branco."

claro, a mim

quando a minha amiga mais antiga pediu desculpas por ir lá a casa conversar, o Zé disse "não incómodas, só lhe faz bem" e apontou para mim. nisto foi jogar puzle bubble.

na função pública ouvi dizer

"eles querem que as pessoas sejam rápidas mas depois fazem máquinas lentas que nos atrasam."

uma regra simples

o Zé não pode atribuir a "minha" (do Lenny Kravitz) música aos contactos de telemóvel excepto ao meu número.

Person of Interest

nova série do casal MC e Zé.

segunda-feira, 14 de maio de 2012

tão bom

voltei a aproximar-me de uma amiga de longa data.

ginásio

peso mais 200 gramas. sim, está bem.

"A Morte do Palhaço e O Mistério da Árvore"

"A verdade amarga e única é esta: é que na vida é preciso sonhar, para não se morrer transido, tantos são os pontapés que a gente leva na alma e noutra parte. Ou então tem a gente a necessidade de se endurecer e de pôr o coração como uma pedra."

tal e qual

as pessoas estão atadas por nós fáceis.

juro

nada nem ninguém sabe completar o pedaço que falta ao passado que não foi enterrado.

tão bom

a perna boa é para mostrar ao sol. sem pêlos, obrigada.

domingo, 13 de maio de 2012

um brinde

parabéns aos alunos que acabaram o curso com sucesso.

na feira do livro

a fila de autógrafos do José Luís Peixoto era gigante. o Valter Hugo Mãe parecia estar num trono mas não havia ninguém a fazer-lhe vénias. confundi o David Soares com um fanático de heavy metal. os preços compensam pouco mas compensam, porque tens a oportunidade de passear, namorar, comer gelados na relva, ver as novidades, ver os autores (escritores são poucos) e ainda comprar livros um bocado mais baratos. o Pedro Abrunhosa editou um livro (um autor, zero escritor). vi o Moita Flores e acho-o gordo. estava lá o marido da Carla Matadinho com um ar triste. comprei nove livros (cinco para mim) mas não faço ideia do quanto gastei. a mulher que está o dia todo a anunciar os autores convidados e os eventos fala muito. a Leya parecia uma tenda electrónica.

sexta-feira, 11 de maio de 2012

"A Morte do Palhaço e O Mistério da Árvore"

"O sonho na verdade não tem contrariedades nem limites e a vida está cheia de esperezas. Por isso é bom e fácil sonhar. "

"A Morte do Palhaço e O Mistério da Árvore" de Raul Brandão

não sei se já repararam mas só tenho lido autores portugueses. comecei a ler este.

juro

existem pessoas se inscrevem na faculdade para dizer que andam na faculdade. recentemente, conheci os que fazem o mesmo com o ginásio.

MC não gosta

de pessoas que não percebem os benefícios do desporto e ainda gritam isso da forma mais ignorante possível.

perguntou, " ainda me amas?" como se possível deixar de o amar. a vontade de ouvir...

tão bom

vou à feira do livro no domingo.

esta noite, pediu-me para o abraçar. nunca me tinha pedido tal coisa durante a noite. a lembrar que estava um calor infernal naquele quarto.

ouvi dizer

"tu és mais do que aquilo que transmites."

Ai Hélia

li dois livros de Hélia Correia esta semana e não gostei nada.desisto.

quinta-feira, 10 de maio de 2012

quarta-feira, 9 de maio de 2012

juro

só espero não me tornar numa dona de casa que em vez de viver, limpa.

"Tanta gente, Mariana" de Maria Judite de Carvalho

"Detesto as boas donas de casa. Se são pobres, esfalfam-se a trabalhar, se são remediadas ou ricas arranjar uma ou mais pessoas para se esfalfarem em seu lugar. De qualquer dos modos são escravas do trabalho ou então da vigilância com outras escravas às suas ordens. A vida a correr lá fora, os maridos e os filhos a correrem com a vida, metidos nela, e as donas de casa a esfregar, a limpar, a dar brilho aos metais."

"Tanta gente, Mariana" de Maria Judite de Carvalho

"Adeus, quer dizer mesmo adeus, não significa mais nada."

tal e qual

olhei tanto o retrato que parecia que os olhos mexiam e a boca sorria. quase falava, quase escutava.

Não se pode tocar no nome do irmão querido.

Maria Judite de Carvalho

tenho pena que seja desconhecida do grande público. é um injustiça.

beca beca beca

beca beca pingo doce beca beca beca e a happy hour da feira do livro? pois.

terça-feira, 8 de maio de 2012

MC declara

este blogue foi uma animação no dia de hoje.

a descoberta de MC

descobri os parêntesis, sinto-me outra (é como sussurrar ao ouvido dos leitores, né?)

mais ou menos isto

um livro por dia nem sabe o mal que à vista fazia (e faz).

pergunto,

se não existisse o futebol o que fariam os homens?

 (não conta coçar as partes íntimas, obrigada)

conclusão,

a blogoesfera é uma comunidade de bem sucedidos (excepto os anónimos que não fazem nada, né?). somos do caraças.

não sei se conhecem estes mas cá ficam...

Ana M, dona do Ikea.
Ventania, comandante de um navio.
Herético, comediante.
Susana, surfista.
Eva, Dr. Phill.
São João, encenadora.
RBM, jornalista.

e continua

Bad girl, lutadora de wrestling.
Anouc, dona do Pingo Doce.
Ana (Fogo Posto), tatuadora.
Pipoca Mais Doce, Deus.
Espiral, Sininho.
Miss Kitty, actriz dramática.

a profissão de sonho de cada blogger

Tolan, escritor erótico ou popular.
Luna, fashionista.
MC, mulher de jogador de futebol.
Clara, dona de uma empresa.
Isa, presidente dos Estados Unidos.
S*, veterinária.
Elite, dona de um restaurante saudável.
Pipoco, arrumadinho.
Arrumadinho, Luísa Beirão.
Ana (A vontade do Regresso), tradutora.
Rititi, modelo.

Time

a revista do ano. são bons, muito bons.

admiro-o. como pessoa. e isso não tem nada a ver com o facto de o amar.

ouvi dizer

"não é possível amar alguém como te amo, és a melhor que existe."

tal e qual

é tudo uma questão de confiança. em nós, em ti, em mim. desconfiar do ar é só a coisa mais parva à face da Terra, depois do Mr Bean.

"Tanta gente, Mariana" de Maria Judite de Carvalho

começo este. descobri a autora no programa "Ler +, Ler Melhor" e fiquei muito curiosa quanto a este livro.

segunda-feira, 7 de maio de 2012

"Soma" de Hélia Correia

não gostei mas vou insistir na escritora com outro livro.

"Soma" de Hélia Correia

"Talvez não seja amor aquilo que mantém dois seres juntos um do outro; mas o medo e a procura de alguma segurança, como os bichos, no fundo da caverna, se amontoam, escondidos dentro da própria espécie para enfim confiarem e poderem dormir.

MC conta algo com pouca importância

tenho um hábito novo. depois do ginásio vou comprar um par de brincos para aplaudir o meu esforço. ainda não contei ao Zé.

tal e qual

todos os que trairam juraram fidelidade um dia. um dia longe.

juro

a motivação não se cola. podes tentar dividir, mas não se cola.

pontos a melhorar

quando tens visitas engole as palavras, mesmo que estejas a arder por dentro. quem não aguenta é um ovo podre como eu.

lembram-se dos objectivos para 2012?

consegui deixar de espreitar o telemóvel do Zé. não consegui deixar de gozar com o armariozinho. 1-1.não consigo fazer uma compra por mês. 1-2. que merda de objectivos os meus.

a profissão de sonho da blogoesfera

hospedeira, escritor, bailarina de ballet e júri de um programa qualquer.

a profissão da blogoesfera

jornalistas, administrativos, designers. é isto, né?

acho eu

namorar um surfista não quer dizer que tenhas de aprender a surfar.

juro

vi um anúncio, "chamam-lhe o Mourinho da escrita" mas nunca ouvi falar nele.

domingo, 6 de maio de 2012

"Catarina ou o sabor da maçã" de António Alçada Baptista

gostei tanto. uma análise dos comportamentos humanos fantástica.

"Catarina ou o sabor da maçã" de António Alçada Baptista

"...quando se está a viver qualquer coisa com empenho e emoção, o discurso teórico  é inteiramente impotente e não é com ele que se desarma um apaixonado."

Yes


Genial. 

e tantas histórias existem

como aquela em que ela me diz as palavras mais importantes no momento, sentido medo por mim.

também me lembrei desta

há uma história em que eu escrevo para uma revista, a minha mãe pega na revista e vai mostrar a toda a gente.

não tem nada a ver com a feira, lembrei-me por ser dia da mãe

há uma história em que eu enterro uma colher de pau no jardim atrás da minha casa. faço o sinal da cruz, rezo e regresso a casa sem medo.

mais ou menos isto

estive na feira a dar autógrafos, uma canseira que me deixa tonta. vou ali vomitar letras.

querida mãe que não lês este blogue

já te ligo.

adoro sair com ele. é divertido e romântico ao mesmo tempo.

sábado, 5 de maio de 2012

até parece que sou rica

a senhora da loja, "você é um espectáculo, muito despachada, gosta, experimenta e compra."

juro

a Yves Rocher tem um lápis azul turquesa à prova de água que é qualquer coisa de fantástico.

só pode

no site da sapo vi que ia chover durante o dia de hoje, então cancelei a ida à feira. aqueles sites são como o horóscopo, pode ser que acerte.

mais ou menos

se fosse à família real espanhola escondia-me dentro de uma cave durante uns seis anos.

tão bom

agora que o meu telemóvel Android ressuscitou depois de ter caído há dois meses na água estou viciada no Angry Birds.

sobre a mensagem de ontem

era engano.ninguém quer saber de mim.

sexta-feira, 4 de maio de 2012

mesmo agora

aquele momento em que recebes uma mensagem escrita de alguém a dizer que tem medo que a esqueças e tu nem sequer tens o número dessa pessoa gravado.

tão bom

de repente, não precisas de perguntar porque sabes que não é ele. e não era.

nunca disse

do lado de fora consigo ver melhor que a um palmo da tua cara.

não está no dicionário

razão, o cachorro do coração. vá, senta e chora.

quinta-feira, 3 de maio de 2012

Rita Pereira na Playboy: what?

já fui à praia mais despida do que a Rita Pereira para a produção na Playboy. as fotos estão lindas para mostrar aos pais.

mais ou menos

valorizo a tua atitude, viver numa casa sem sala é do caraças.

juro

não sei se é do tempo, se da gripe. sei que tenho o coração cada vez mais mole com as pessoas e comigo.

quarta-feira, 2 de maio de 2012

"Uma Noite em Lisboa" de Erich Maria Remarque

"O ódio é um ácido que corrói a alma, quer sejamos nós a odiar ou a ser odiados."

MC dá uma grande passo com um pequeno gesto

fiz um bolo e levei-o ao meu irmão. tipo, não falávamos há longos meses.

o amor e uma cabana

o amor é conforto, tá? esquece a cabana.

só pode

quando a mente te leva a querer comprar uma arma só quer dizer uma coisa: andas a ver finais felizes a mais, onde a personagem principal não vai parar à prisão e escapa porque é maluca.

sim sim

lá na farmácia, o rapaz que me atendeu queria fazer com que eu acreditasse que as pastilhas Strepsils eram boas, "há de morango e limão".

perdeu um quilo e já acha que é o rei do fogão e do frigorífico.

alguém entende?

olha só, a amizade para além de ser aquela coisa de "estar sempre lá" é, principalmente, perceberem que "eu também estou cá e podes contar comigo".

tal e qual

eu sou aquela que não foi às compras aos Pingo Doce porque recebeu no dia a seguir. i hate my boss.

o ego e a autoconfiança, mais ou menos isto

estão a ver aquela rapariga com um top cor de rosa da nike com um decote generoso no ginásio? a mesma rapariga que faz exercícios em frente do professor sempre com medo que as mamas saltem fora do lugar? aquela rapariga que mete as raparigas a falarem aos cochichos e a rirem do meu par de mamas/falta de jeito para o exercícios porque o professor lhe dá muita atenção? estão a ver o quanto ela é irritante mas nem sequer percebe e anda no ginásio como se aquilo fosse tudo dela? e ainda tem a lata de conversar de forma simpática com o personal trainer? pois, essa rapariga chega a casa, veste um pijama roto e sou eu.

1 2 3

MC outra vez na área.

terça-feira, 1 de maio de 2012

Feira do livro

percebi que me falta ler cinco livros que comprei na feira do livro o ano passado.

Blogoesfera e o Bamby

não podes dizer certas coisas a bloggers, caso contrário não tens sexo há mais de sete dias e isso ninguém precisa de saber portanto cala-te e escreve posts com uma ligeira mensagem.

é a moda das pessoas

entre as calças menta e as amarelas venha o armariozinho e escolha.

sim sim

ok, o pure da benefit é caro mas vale cada cêntimo.

nunca disse

e os pormenores, e os pormenores de como és feliz soa-me tão a falso.

nunca disse

menos, não vamos fazer de um gesto uma peça de teatro. tá?

juro

sapatos Louboutin? ahahah, o pingo doce consegue meter mais mulheres aos gritos.

Acerca de mim

Arquivo do blogue

Seguidores