quarta-feira, 30 de Novembro de 2011

a melhorar em 2012

não mexer em telemóvel alheio.

não sei

a luta pára quando nos braços está o que desejámos. tenho de inventar um novo sonho?

pode ser?

toma o pequeno almoço em casa, as mulheres dos cafés são mulheres de pés frios.

que fazer?

amanhã caso, estou a pensar meter em votação se devo dizer sim ou dizer não.

quem é quem?

a maior chata da blogoesfera.

terça-feira, 29 de Novembro de 2011

na casa dos Silva

comprei um tabuleiro demasiado grande para o forno. sou boa a calcular dimensões, muito boa.

o meu carro

comprei velas para o carro. amanhã se aquilo não pega vou a pé para o trabalho e fico de azia o resto do dia.

um passatempo por blog, quem oferece o quê

Crónicas de Horas Perdidas, uma bicicleta com cesto e um Samsung Diva para quem conseguir andar sem as duas mãos. Quadripolaridades, o Pai Natal em biquíni e o coelho da Páscoa. Eva e a maçã, uma sanita em inox. Na Fralda, uma criança educada e calada. Bad Girls, água com gás para a azia. Arrumadinho, um vestidinho com lacinho pequenininho e fofinho. Pipoca, o meu marido. Mulher Certa, dicionários de português e um copo de tinto.

segunda-feira, 28 de Novembro de 2011

sem título porque o pai do Zé fala muito e não consigo pensar

virei a casa do avesso para encontrar o colete de pêlo que tanto gosto. não gosto muito mas meti na cabeça que o quero usar. é branco, curto e deixa pêlo por todo o lado, principalmente no meu nariz. tenho quatro caixas e um saco do lixo com roupa. uma caixa dentro do armário, outro debaixo da cama do pai do Zé, um saco na despensa, etc... nada do colete. quando me sentei e me lembrei de ir buscar os livros de receitas a uma caixa verde perdida algures, encontrei o colete. isto para vos dizer que quem tem fome encontra o que comer.

querido Saramago,

comecei a sentir uma pequena atracção por um colega teu. 

um bocadinho da minha história no livro do GGM

"Não podia dormir de raiva por estar a pensar dele, mas o que mais raiva me dava era que quanto mais raiva sentia, mais pensava."

Viver Para Contá-la de Gabriel García Márquez

comecei a ler este.

é blogar

as blogosfera vai andar a cagar chocolate dourado até ao fim do ano. chique, mesmo chique.

o meu amor

juntos somos uma festa, uma madrugada, uma novela, um drama, uma tarde e uma tempestade. um relógio sem hora marcada para qualquer dos momentos.

quase

somando tudo o que já gastei, o meu carro vale dois carros novos.

agora entendo, as pessoas adoram ser parvas

"tu e o Zé são o oposto, ao teu lado ele parece um emplastro. antes de te conhecer ele era um bicho do mato."

mais ou menos isto

na blogoesfera não somos todos iguais. só no mar.

não é?

estou a pensar queimar o gabinete do meu chefe. agora é assim que se faz quando não se gosta.

não dá para arrumar desta maneirinha

tive de confirmar se o post do Arrumadinho não era de uma mulher, visto que estava na pasta blogs de homens do meu reader. não era. "mala com lacinho"?!

domingo, 27 de Novembro de 2011

Teresa Guilherme

pode ser profissional beca beca beca mas não sabe ler o teleponto.

é blogar

e escrever que se gosta muito de fado. eu, por exemplo, como fado ao pequeno-almoço e ao jantar.

fotógrafos da noite,

não me tirem fotos depois da meia-noite. ninguém fica favorecido depois de alguns copos. e não quero  ser exposta no facebook com olhos de gato das botas. obrigada, até sexta.

assunto em Portugal

passam da crise para o fado. o fado está em crise, não vês?

a minha mãe

a distância aproximou-nos.

na casa dos Silva

faz-se comida indiana. caril e arroz basmati.enquanto se espera, o copo de vinho tinto está mão.

sexta-feira, 25 de Novembro de 2011

momento kit kat #1

a minha mala tem uma carteira da Parfois e um telemóvel com xixi. normalmente não mudo de mala. quero lá saber se o preto não se usa com azul. quando saio a mala fica no carro debaixo do banco. a mala é uma cena que a Madonna inventou para guardar as notas depois dos concertos. eu só uso multibanco. a mala é como um saco de supermercado, mas de pele.

digo tudo na cara, dizes. não devias.

às vezes, é preciso ter coragem para ficar em silêncio.

na Casa dos Silva

a casa fica cheia de fumo sempre que decido ser uma pessoa saudável.

Ricardo Pereira foi pai

as fotos já estão por todo lado. coisamaifofa.

namorar alguém rico sem carta de condução

ficas sem dinheiro mais cedo, não tens coragem de dizer e mais arranjando desculpas para não passares o fim de semana com ela.

mais ou menos isto

"dar um tempo" é a forma mais suave de colocar um ponto final.

tão fofinho

o Daniel Oliveira escreveu uma carta ao avô que faleceu e meteu-a no Facebook. não vá a carta perder-se. todos sabemos como são os correios em Portugal. e a greve.

"Não precisas preocupar-te com essa coisa da maquiagem, és tão fofinha."

O Eterno Marido de Fiódor Dostoiévski

comecei a lê este.

quinta-feira, 24 de Novembro de 2011

a minha mãe

sinto medo suficiente para saber que és tudo para mim. para nós. e agora?

A Peste de Albert Camus

gostei. só isso.

nunca disse

ai de mim se te acontece alguma coisa.

será?

depois da Maria Guedes, as fashionistas da blogoesfera vão engravidar por amor às tendências?

sou o Adão da Eva

cheira mal, foste tu outra vez?!

sou a Pipoca Arrumada

não tenho vergonha do meu marido... acho.

sou o Diogo da Fanny

o boné já não me serve.

sou o namorado perfeito da Hello Kitty

gastei o ordenado em flores. e agora?

sou o Zé

ando a ressacar futebol.

sou o namorado da S*

também eu, oh Zé.

quarta-feira, 23 de Novembro de 2011

como fazer uma blogger feliz

oferece-lhe uma máquina fotográfica.

aquela amiga da treta

" a casa é do teu sogro, né?"

mas esta gente pensa que vivo à conta dos outros? a casa é "minha", tudo o que lá está dentro é meu. é tão giro imaginar.

A Peste

" Enquanto somos amados, somos compreendidos sem palavras."

pergunto-me

quando é que o coração irá sentir que pode sossegar porque já te tenho junto a mim?

quem é quem?

a nova santa casamenteira da blogoesfera.

não está no dicionário

cuidar, antes de pensares que tens fome já a comida está na mesa.

"para uns é mais fácil cuidar do que ser cuidado".

Se Isto é Homem de Primo Lévi

acabei ontem à noite. é um livro triste, fez-me chorar e sentir revolta em relação à maldade atroz dos homens. marcou-me.

terça-feira, 22 de Novembro de 2011

A Peste

"Em Oran, como no resto do mundo, por falta de tempo e de reflexão, somos obrigados a amar sem saber."

A Peste de Albert Camus

"Sem dúvida, não há de mais natural, hoje em dia, do que ver pessoas trabalharem de manhã à noite e optarem, em seguida, por perder nas cartas e em tagarelices o tempo que lhes resta para viver."

assim conseguia gostar da ideia de estar solteira

adorava ter um pouco da vida do Nuno Ferreira. aquele que conheceu Portugal a pé durante dois anos e agora vai lançar um livro.

os meus livros

antes de acabar o livro do Primo Lévi comecei a ler A Peste de Albert Camus.

sério

resolvi fazer a festa da passagem de ano na minha casa e já estou quase arrependida.

levei o telemóvel para o wc dentro do bolso. burra.

o meu telemóvel não sabe nadar, yo. descanso à sua bateria.

segunda-feira, 21 de Novembro de 2011

pergunto

sou a única no mundo que não gosta (nunca gostei) de estar solteira?

sério

qual é a piada de estar solteira? sorry, nenhuma. para quê a  festa sempre que alguém passa de "numa relação" a "solteira" e a chuva de "gosto" no facebook? poupem-me. é horrível não ter ninguém para meter a loiça na máquina.

tão bonito

um homem apaixonado não finge que vai estar o fim de semana a trabalhar só para não aturar a nova namorada. logo, o irmão do Zé não está apaixonado.

na Casa dos Silva

a minha casa não tem personalidade. ainda não encontrei nada que me agradasse. estou farta de budas,gatos,corujas,elefantes e pretos como objectos decorativos. não gosto de almofadas que tiram espaço ao meu sofá. nem de tapetes que criam pêlo. a minha casa é feita de pessoas.

ele sente a chegada da morte

puff, grande coisa. eu sinto a presença de bruxas. dá muito mais jeito.

quem é quem?

a blogger com mais sentido de humor?

poupei uns euros em gasoleo, portagens e em comida.

fui ao cinema local. 3 euros. sem publicidade e intervalo. valeu.

juro

já matei um homem apenas com a palavra "não".

os ciúmes do Zé são como o silêncio numa noite de Verão.

na Casa dos Silva

consegui meter o irmão do Zé a limpar a cozinha depois de ter sujado tudo a cozinhar. sou tão boa a educar pessoas.

sério

agora entendo a força das pazes depois de uma discussão quando se mora na mesma casa. paraíso.

domingo, 20 de Novembro de 2011

mais ou menos isto

se não fores tu a rir, ninguém o fará por ti. seria estranho a tua gargalhada ter um tom masculino.

sim sim

nós, escolho-me.

sério

começo a perceber o motivo dos problemas começarem quando duas pessoas vão morar juntas.

sábado, 19 de Novembro de 2011

sexta-feira, 18 de Novembro de 2011

na Casa dos Silva

ninguém consegue imaginar o barulho que faz alguém sem dentes a comer.

o destino não existe

não morrer num campo de concentração para morrer numa queda das escadas de um prédio.

Se isto é um Homem de Primo Levi

fui buscar este à biblioteca.

Kate Middleton

grávida de seis semanas. coisamaifofa.

O Sonho dum Homem Ridículo de Fiódor Dostoiévski

acabei o conto. gostei. vou ler mais deste autor.

prometo

aquelas botas à rameira que o mulherio adora são boas para as revoltadas, para as que estão a iniciar as saídas noturnas. o objetivo vai ser concretizado.

não está no dicionário

motivação, não caminhes sozinho e espera por um empurrão que morres sem tomar banho.

é blogar

a blogoesfera cansa, espreme os assuntos até ao caroço.

quéisto??!

pela terceira vez sonhei com o Marco da Casa dos Segredos a pedir-me um filho.

quinta-feira, 17 de Novembro de 2011

O Sonho dum Homem Ridículo de Fiódor Dostoiévski

comecei este. nunca tinha lido nada deste autor. este livro conta a história de um homem determinado a suicidar-se, por considerar que nada na vida lhe interessa e que tudo e todos lhe são indiferentes. estou a gostar, principalmente pela forma como a história foi escrita.

A Arte de Amar de Ovídio

acabei. que obra fascinante! adorei.

A Arte de Amar

este livro tem uma parte que se chama "Remédios contra o amor".

Jessica Simpson

já não precisa de encolher a barriga.

é blogar

a blogoesfera é tão inteligente.

quem é quem?

muda de opinião como de assunto.

arruma esta

nada como começar o dia com leitinho quentinho e um pãozinho do padeiro João Pedro. "oh Dona MC, não vai ao famoso Eric?", "Quem? Se para me vestir não sou esquisita, ia ser com a comida? Pão é pão, homem."

quarta-feira, 16 de Novembro de 2011

dos 101 livros em 2011

só li 60. ainda.

A Arte de Amar

"O amor odeia todo o atraso. Nada te deve deter, nem o mau tempo, nem a canícula, nem a neve, que oculta o caminho com a sua alvura."

não está no dicionário

certeza, a maior mentira que te contaram. é uma palavra de origem pinóquia.

é blogar

um dia vou perceber o verdadeiro motivo dos blogers recentes deixarem um comentário no meu blog tipo "toca e foge". agradeço, sempre vou lendo coisas diferentes para não enjoar.

A Arte de Amar

"...não dê muito crédito ao que te mostra a luz das lâmpadas: ela costuma provocar equívocos. A noite e o vinho são maus conselheiros para julgar a beleza. O dia é o melhor conselheiro; adota-o também para julgares as feições e as linhas do corpo."

A Arte de Amar

"...não procures nenhum amante, se porém, queres enganar o teu marido, engana-o com um homem."

A Arte de Amar

"O amor impossível agrada tanto ao homem quanto à mulher. Só que o homem não sabe dissimular e a mulher esconde melhor os seus desejos."

A Arte de Amar de Ovídio

estou a ler este. ainda 41 páginas,brutal. tenho o PDF mas aconselho versão papel.

tal e qual

se as pantufas podem ser usadas como botas de Inverno, o avental pode ser usado como vestido de Verão com decote nas costas.

a estrear numa casa perto de si

5 dias, 5 pares de meias.

é blogar

existem mais blogues para além dos que existem.

e aquelas pessoas que...

...estão sempre onde não são desejadas?

terça-feira, 15 de Novembro de 2011

na Casa dos Silva

sempre que a Susana da Casa dos Segredos aparece na tv, o pai do Zé diz "Uau" e não muda de canal. tipo, a selecção está a jogar e ele tem 85 anos.

juro que vale a pena

gostas do amor? tenho o livro ideal para ti. comecei a ler há pouco, já sei que vou gostar e tu também. mais umas páginas e volto a falar nele.

O Homem do Castelo Alto de Philip K. Dick

tem passagens muito boas mas não é o estilo de livro que gosto mais.

O Homem do Castelo Alto

"Juliana nunca suportou ficar só, pensou; precisava ter-me sempre ao seu lado, a elogiar, elogiar. As criancinhas são assim: acham que se os país não estão a olhar para o que fazem, aquilo deixa de ser real. Na certa ela está agora com um homem que lhe dá atenção. Dizendo-lhe como é bonita."

O Homem do Castelo Alto

"O gosto do leitor médio é deplorável."

O Homem do Castelo Alto

"O gosto do leitor médio é deplorável."

pode ser

Deus escuta o que eu digo. dança ao som das minhas palavras deixando-me a rodopiar no final.

na Casa dos Silva

o outro irmão do Zé anda a espalhar por aí que ninguém o convida para ir lá a casa jantar.

tão bom

renovei o meu guarda-roupa inteiro sem gastar um euro.

o Zé quis namorar comigo porque sou a Mulher Certa.

segunda-feira, 14 de Novembro de 2011

vai acontecer, aposto

"de que marca é isso?", "pipoca mais doce", "estás parva?"...

quem é quem?

desapareceu e não faz falta nenhuma.

quem é quem?

acha que o blog é o livro de reclamações das grandes empresas.

juro

a blogoesfera não mudou a minha vida de maneira nenhuma. não afectou de nenhuma forma, nem me deu o melhor do mundo.

mais ou menos isto

nota-se a léguas quem gosta de livros e quem GOSTA REALMENTE de livros.

tal e qual

não seria capaz de fazer alguém sentir-se mal por causa da sua cor de pele como já me fizeram sentir por ser branca e não negra.

juro

a namorada do irmão do Zé é a melhor em tudo. ao pé dela sou um rato do esgoto.

não está no dicionário

rotina, é sentir um abraço em forma de coração. também faz falta.

Zé e eu

chegámos uma hora atrasados ao emprego. nota, não voltar a confiar num traço de bateria.

é blogar

a blogoesfera perdeu a humildade.

domingo, 13 de Novembro de 2011

não tem nada a ver com a sopa de espinafres que estou a fazer, nem com a ressaca que tenho em cima. só vos quero mostrar como as pessoas têm diversos pontos de vista acerca de tudo e um prego

ontem, na festa, vi o meu ex-namorado (lembram-se dele? não o via há meses). foi cumprimentar-me. "olá, tudo bem? não te falei mais cedo porque estavas na conversa, mas espero que estejas bem"+ big smile e com o rosto a um palmo do meu rosto. aquilo soou-me a "não tenho mau perder, estás perdoada por me teres feito sofrer tanto, também te fiz o mesmo, não me importo nada que estejas aqui e não me custa nada ver-te com outro". para a minha irmã histérica ( infelizmente estava ao meu lado quando o momento aconteceu) soou "ai ele esteve tão bem, o álcool leva as pessoas a fazerem o o que querem na verdade, quis mostrar-te que não lhe és indiferente, não és mais uma nesta festa". para o Zé soou "mau maria que o gato já mia".

sábado, 12 de Novembro de 2011

juro

naquele momento em que bebi três copos cheios de nem-sei (marca boa) só para não dar um berro.

Yes

sexta-feira, 11 de Novembro de 2011

O Homem do Castelo Alto

"A culpa é daqueles físicos e da teoria do sincronismo, cada partícula ligada a todas as outras; não se pode dar um peido sem alterar o equilíbrio do universo."

O Homem do Castelo Alto

"Seja pequeno... e escape à inveja dos grandes."

O Homem do Castelo Alto

"Eu sou fraco, pequeno, sem a menor importância diante do universo."

não é estilo

as pessoas que trabalham de casaco são as mais preguiçosas da escritório.

eu

passo metade da vida a puxar o vestido para baixo e outra metade a escolher vestidos curtos.

nao entendo

as mulheres passam metade da vida a comer e outra metade a queixarem-se que estão gordas.

juro

elogios podem ser desculpas para camuflar defeitos que envergonham.

ouvi dizer

"ela não e muito bonita mas é inteligente", disse o irmão do Zé sobre a nova namorada.

quinta-feira, 10 de Novembro de 2011

O Homem do Castelo Alto

"Para a minha mulher Anne, sem cujo silêncio este livro nunca teria sido escrito."

O Homem do Castelo Alto de Philip K. Dick

vou ler este, começo hoje. tenho em pdf se alguém quiser.

As Mulherzinhas de Louisa May Alcoot

gostei. ainda bem que o li. tudo muito perfeitinho.

simples

magreza não é sinônimo de dieta. nem gordura sinônimo de comida a toda a hora.

11/11/11

será dia de azar ou só é o começo do melhor fim de semana do ano?

fingir por algum tempo

seca as memórias fazendo delas um álbum que só irás abrir na próxima paixão. mostrando cada página de dor como que pedindo para não se repetir.

nos pequenos detalhes prefiro a rotina

o lado esquerdo emocional deixa de gostar da rotina quando essa deixa de existir e passa a ser um problema. "ele/ela já não vai dormir para a cama, agora adormece no sofá".

Paranormal Activity 3

é o tipo de filme de terror que não consigo ver. vi o trailer e vou apagar o filme do portátil.

quarta-feira, 9 de Novembro de 2011

é o meu amor

se o frio já me dificultava a saída da cama logo de manhã, actualmente tenho o dobro das dificuldades. querolásaber.

juro, e para a próxima não lhe abro a porta

o amigo do Zé encontrou-me no supermercado e acusou-me de "estavas mal encarada quando fui lá no domingo de manhã... beca beca nunca mais lá vou...". este ano só conheci gente de merda e com problemas de personalidade. que não aguenta uma cara onde o sorriso não existe assim que acorda, ou quando simplesmente não apetece.

mais ou menos isto, e não me venhas com isso amanhã

a minha colega quando quer conviver comigo fala bem da minha mãe acrescentando sempre esta parte, "a minha melhor amiga também é Leão como a tua mãe". dava-me um tiro na cabeça se eu fosse como ela. mais, depois de morta atirava outra vez só para ter a certeza que não voltava a dizer merdas destas.

percebes?

os filmes são histórias da vida e não o contrário com suposições.

eu explico

só escrevo asneiras para perceberem o tom de raiva com que escrevo. um porra não chega.

na casa dos Silva

deixamos a chave na caixa do contador da água para o irmão do Zé não tocar à campainha e nos acordar. mas ele toca à campainha na mesma, depois tira a chave e abre a porta. tão fofo, foda-se.

é simplesmente estúpido e pouco coerente. não estou a falar da Popota nem do Paulo Bento.

podem usar pantufas na rua, pintar o cabelo de azul, usar calças rotas e com manchas de lixívia, usar camisolas com soutien à mostra, camisolas cortadas às tiras, andar com os olhos esborratados de preto, usar crocs e ténis com luzinhas. até podem usar maquilhagem na praia. os homens podem usar calças justas e pintar as unhas. é tudo muito fashion. mas depois as leggings não são calças. a moda é coerente, quem gosta de moda é coerente e quem a pratica também.mas afinal a moda é ou não é que quisermos?

tão bom

naquele momento que vais à conta e não sabes onde gastaste o ordenado.

terça-feira, 8 de Novembro de 2011

juro

para ver a tua roupa não preciso de ver cinquenta fotos num único post de vários ângulos.

aposto

ninguém tem paciência para a inteligência dos outros vista de baixo para cima.

nunca disse nada tão sincero

todas as mulheres ficam mais bonitas com make up, esqueçam aquilo do "natural és mais bonita". e cabelo, arranja-o antes das fotos. o look selvagem é giro na Kate e afins.

sério

amigo de inimigo é meu inimigo também.

tão fofinho

andam a falar nas minhas costas mas fiquei a saber de tudo.

quem é quem?

anda sempre à luta com a vida emocional.

pergunto

Blackberry, Iphone ou Samsung Galaxy?

é blogar

e dizer mal de sandálias com meias.

na Casa dos Silva

o irmão mais velho do Zé deixou de ir lá a casa porque não gostou que eu tenha dito que ali seria diferente da casa velha. hipocrisia a está hora e com esta idade?

foi um brinde especial que não me fez deixar cair uma lágrima porque sou durona.chorei para dentro. vale? adoro ouvir-te falar de nós.

segunda-feira, 7 de Novembro de 2011

As Mulherzinhas de Louise May Alcott

comecei hoje. verdade, nunca li este.

que não me calhe uma ursa ursa

este ano participo na iniciativa dos postais de Natal da Pólo Norte.

na Casa dos Silva

respira-se melhor. as velas de laranja da Primark são porreiras e afastam as más vibrações. e de repente, já não sou a única a lavar tachos.

fazemos um ano de namoro mas na realidade são dois. não encontro o presente certo para te mostrar o quanto és o homem certo para mim.

Todos os Nomes de Saramago

adorei este livro. aconselho. todos buscamos alguma coisa sem saber muito bem porquê, todos deixamos de ter valor quando a idade começa a pesar. todos vamos fazer parte do Cemitério de Todos os Nomes.

domingo, 6 de Novembro de 2011

depois vem a fome

o que é um bom sinal. a história da minha vida.

aposto

os namorados podiam ser essencialmente o que são umas horas após a discussão. tudo se resolvia.

digo agora

tudo bem não estar bem.

na Casa dos Silvas

o meu relacionamento já teve melhores dias. vou embora desta casa. este não é o meu lugar.

sábado, 5 de Novembro de 2011

sou má?

procuro os outros quando os que tenho não servem.

sexta-feira, 4 de Novembro de 2011

quem é quem?

a blogger mais bonita por fora e por dentro?

nunca disse

podes fingir que estás preocupado porque irei preferir sempre a preocupação de fingir do que um zero da tua parte.

mais ou menos isto

farto-me facilmente do que me faz mal. só houve uma excepção há dois anos naquela de experimentar a paixão. mas mesmo assim acho que um ano não faz de mim sofredora.

é blogar

e de repente, a blogoesfera virou-se contra a blogoesfera. aliás, sempre foi assim.

pergunto-te

que é feito do teu tique de sempre? aquele que te fazia meter a camisola que tinhas vestido na boca, estás a ver?

na Casa dos Silva

o irmão do Zé levou a namorada lá a casa e apresentou-me como "a minha cunhada". que mania do povo português dar os nomes antes de perguntar se pode. o meu nome nem é aquele.

é a moda

todos os anos se usa pêlo e brilhos no Inverno. todos.

nunca percebeste?

descobri que o vazio também pode ser amor.

quem é quem?

tem um blog para gozar com a estupidez de quem lhe paga indirectamente o ordenado?

quinta-feira, 3 de Novembro de 2011

a mulher do quiosque (fim)

de repente, mudou de ideias e não me obrigou a comprar os jornais fora da data com os livros. tenho a coleção completa Não-Nobel do Público.

ninguém entende

aguento os ciúmes o tempo suficiente. nenhum. zero. nicles.

não é moda

fiz da camisola um vestido e agora quero ir para casa.

quarta-feira, 2 de Novembro de 2011

Todos os Nomes

"...a pele é tudo quanto queremos que os outros vejam de nós, por baixo dela nem nós próprios conseguimos saber quem somos..."

na Casa dos Silva

tem sido muito difícil jantar e manter uma conversa com uma pessoa surda. mas aguento, um dia serei eu, de tanto ouvir as notícias no volume máximo.

a mulher do quiosque

vou buscar os livros e fica tudo resolvido.

é blogar

e referir as galochas sempre que chove.

aposto

a saudade que tens de mim depende da falta de boleia.

juro

as pessoas adoram gabar a maldade, as pessoa adoram que se tenha medo delas. prefiro o respeito.

na Casa dos Silva

o irmão do Zé anda apaixonado,pode ser que comece a ajudar em casa enquanto faz corações com o detergente do chão. ah, espero que a rapariga não seja uma bomba latina.

mais ou menos isto

estranho a segurança. estranho esta sensação de conforto. e sem dar por isso procuro o contrário. a insegurança é a minha zona de conforto, será?

só hoje

a Heidi e o Seal são os meus heróis.

terça-feira, 1 de Novembro de 2011

nunca vos disse, mas digo agora porque não tenho mais nada para fazer para além de ir esticar o cabelo e ir ver as nomeações da Casa dos Segredos

quando morrer a primeira coisa que vou pedir ao gajo que aparece no anúncio das cápsulas da Nespresso é um portátil para ler as mensagens escritas no mural do meu Facebook.

é blogar

só queremos ter a certeza que quem lemos também nos lê.

Kim vai divorciar-se

meu rico dinheiro.

é amor, é amor, é amor,...

nunca vi uma bailarina de um cantor pimba bem vestida. parecem umas putas. e aposto que são elas a escolher a roupa.

juro

detesto quando o google se mete a inventar. adeus "gosto" no google reader.

tão bom

o perigo de ficar em casa durante o ferido é ter de ver o concerto do Tony Carreira e não ter coragem de dizer "pode mudar de canal?".

Acerca de mim

Arquivo do blogue

Seguidores